Arquivo | Uncategorized RSS feed for this section

VMA

1 set

Gente, vou falar: estava pensando em nem assistir o VMA esse ano por não saber como iria suportar duas horas de Miley Cyrus pelada tentando ser engraçada ou relevante. Mas como perder um prêmio tão fértil para barracos? Não dá!!! Como a noite deu muitos frutos, preparem-se para um post loooongo!

Não suporto Nicki Minaj. Achei ridículo ela querer usar a carta do racismo e preconceito contra a MTV por não ter sido indicada ao vídeo do ano. Senta lá, sabe? Faça música boa. Chame atenção das pessoas com mais do que sua bunda. Use uma roupa do tamanho certo!

Estamos falando da emissora que foi essencial na construção de ícones como Michael Jackson e Beyoncé, que não é branca e nem magrela. Adele é gordinha e dominou premiações no ano em que lançou o primeiro álbum. Tenha talento real e tenha classe. É de um tremendo desrespeito usar de um mal que aflige tanta gente nesse mundo pra mascarar seu despeito… Fiquei revoltada pela Taylor por ter que se desculpar por ter falado o que todo mundo pensou só porque a outra veio com o discursinho de vítima de preconceito! É óbvio que a Nicki estava falando dela quando se referiu ao bando de mulheres brancas e magrelas! Mas nesse mundo insuportavelmente PC, ela teve que se desculpar!

Quanto ao ataque dela a Miley, ponto alto do show! E um ótimo link para o meu próximo tópico, pq qual foi a resposta da Miley? “Estamos todos nessa indústria, todos damos entrevistas e sabemos como eles manipulam essa $#@rda”. Ou seja, a Miley, corajosa, que não tem medo de falar o que pensa e escandalizar meio mundo, na hora de assumir a opinião dela, deu pra trás e falou que foi manipulada! Me diz como se manipula ” O que eu li soou muito Nicki Minaj, e, se você conhece Nicki Minaj ela não é muito gentil. Ela não é muito educada.”! Own up to it! Se você vai dizer para o NY Times que uma outra cantora não é educada, honre o que você disse quando questionada! E veja bem, ela poderia ter ficado quieta. Poderia ter fingido que era piada. Mas ela preferiu fazer média!

Na verdade, tenho uma preguiça imensa de tudo que vem de Miley Cyrus! Coloca uma roupa que cubra metade do seu corpo, bota essa língua pra dentro da boca e canta, meu! Dessa geração de meninas da idade dela, ela é a única que tem voz pra cantar de verdade! E nada, nada, nada que vem dela me parece ser genuíno. A cada semana é uma entrevista polêmica nova. Primeiro ela era bissexual, agora ela é pan… Mas, como já mencionei lá em cima, quando confrontada, ela recua.. Se maconha não existisse, ela não teria tido material para apresentar o prêmio! Sem contar que todas aquelas esquetes foram absurdamente desconfortáveis de sem graça…

Será que ela não tem nada além da opção sexual, do corpo e da quantidade de maconha que ela fuma para compartilhar com o público? E nossa, o álbum novo dela está disponível para download gratuito no iTunes. UAU! Quem é que pagaria por isso mesmo? E a piadinha sobre os mamilos da Kim? Rafinha Bastos foi processado pelo mesmo nível de comentário. Novamente, nojenta. E a conversa de que ela não gostaria de fazer parte do squad da Taylor? Please, como se ela tivesse sido ou um dia seria convidada. Me poupe!

Vejam bem, não é puritanismo da minha parte invocar com a nudez da galera. Existe sensualidade e existe vulgaridade, sabe? E isso está muito mais ligado a atitude do que a quantidade de roupa que a pessoa usa. É uma questão de postura.

Opa, já estava esquecendo do Justin! Alguém paga uma oficina de atuação para a criança? Porque aquele chorinho não convenceu ninguém! Vai ver ele frequenta a mesma classe da Miley:

E eu já estava cansada de ver a Pink voando em apresentações, imagina essa versão vida real de King Joffrey?

Kanye, você me surpreendeu! Diferentemente da Miley que ficou com medinho da Nicki, o Kanye não tentou remediar a opinião dele que fez com que ele arrancasse o microfone da mão da Taylor. Ele só disse que hoje, sendo pai, trataria de forma diferente a filha de outra pessoa. Isso mostra maturidade, crescimento pessoal, sabe? E o cara subir num palco de uma premiação para receber uma homenagem e falar que esses prêmios não deveriam jamais ter o poder de classificar artistas como vencedores ou perdedores, na minha modesta opinião, foi animal! E Kimye para Casa Branca em 2020!!! Mal posso esperar por Kourtney e Kim Take D.C!

E para dar um up no sentimento do post, porque sinto que destilei muito ódio, encerro com essa imagem no melhor momento da história do VMA, porque BIC é fofa demais!

A polêmica Blake Lively!

21 nov

Mesmo com anos de abandono deste canto, fiquei bege esses dias quando recebi mais um comentário sobre o fatídico post que eu publiquei em….. 28/10/2010! Há quatro anos, meu Brasil! Quatro anos e ainda tem gente me chamando de feia e recalcada porque, horror dos horrores, eu resolvi questionar a unção Hollywoodiana que a atriz recebeu!  E isso mesmo depois de eu ter publicado um outro post sobre a moça, no qual eu compartilhei várias imagens de Blake sendo gata…

Só queria registrar uma coisa sobre o tema:

Amigas, sério que nessa altura da evolução humana a gente ainda acha que mulheres só podem ter opiniões reais sobre alguma coisa baseadas no que sentem sobre elas mesmas? Sei que o assunto é dos mais fúteis possíveis, mas mesmo que eu fosse a Fiona, ainda teria direito de achar que pessoa x é bonita e pessoa y nem tanto! Vejam bem, em momento algum eu disse que ela era feia, critiquei a personalidade dela (questionável recentemente por algumas coisas que ela tem postado no novo site dela, google para as mais curiosas) ou as habilidades profissionais da moça. Apenas disse que eu não entendo porque ela é considerada um ícone fashion! E ela representa a Chanel, que eu adoro, mas eu não vejo o diferencial dela, só isso! 

Eu sou totalmente aberta a mudar de opinião (já odiei Taylor Swift, hj sou fã de comprar o Keds dela, julguem-me, hahahaha), mas seu argumento precisa ser melhor do que “você é feia e recalcada”.

O que eu aprendi sobre: Fazer a unha!

30 dez

Resolvi criar essa tag para falar de coisas que, na minha cabecinha, eu dominei porque sou uma pessoa assim super autodidata! Sei lá, são coisas do dia a dia que não me agradavam quando eu dependia de outras pessoas para fazer ou me informar e fui descobrindo, aos poucos, um jeito meu de fazer, que me deixa super feliz.

Uma dessas coisas, da qual eu tenho o maior orgulho, é que eu mesma faço a minha mão há uns bons anos e sempre sou elogiada por isso. Sério, modéstia às favas, mas não tem uma semana que passe sem alguém comentar sobre minhas unhas e, quem ainda não sabe que eu mesma faço, fica nude quando descobre que não tem uma profissional envolvida no processo. Não tenho fotos de super qualidade para usar de exemplo, mas olha ae:

IMG_0010

IMG_0063

IMG_1715

Tudo começou quando eu tinha uns 15 anos e umas alergias bizarras viviam aparecendo no meu rosto. Era super incômodo, ficava muito feio (minha foto do RG é literalmente o auge do trauma de adolescência) e chegou ao ponto de eu ir num dermatologista para descobrir o que era. De cara ela chutou o esmalte, disse que eu não deveria fazer minhas próprias unhas porque a proximidade da unha com o rosto fazia com que eu cheirasse mais os produtos e potencializavam a desgraça toda.

Veja bem, eu tinha 15 anos, mesada de R$ 50 reais e não podia fazer minhas próprias unhas. A solução óbvia foi passar meses fazendo as unhas com máscaras, o que era absurdamente sufocante e não melhorava muita coisa. Mas, sou brasileira e não desisto nunca: eu troquei a acetona por removedor e senti um progresso na agonia e com o tempo a coisa foi aliviando.

Quando comecei a trabalhar passei a fazer a unha toda a semana em salão e depois de um tempo notei que quando, por um milagre, não rolavam os famosos bifes, a alergia não se manifestava. O único jeito de evitar acidentes 100% era não tirar a cutícula, mas na minha cabeça não fazia o menor sentido pagar uma manicure só pra lixar e esmaltar minha unha, então continuei me sujeitando…  Aí entra uma das minhas teorias, de que a maioria dos prestadores de serviço tende a relaxar quando cativa o cliente e as manicures não são exceção a essa regra. A primeira vez que você faz a unha com a Ju (personagem ficticia criada para fins ilustrativos deste post), ela te conquista! Sem um bifinho, formato lindo, esmalte perfeito e duradouro! Depois de um mês parece que a Ju, que dedicava todos os segundos do seu horário para concluir a obra prima nas suas unhas, está com a agenda mais apertada e precisa correr um pouquinho mais. Então às vezes machuca o seu dedinho. Em 3 meses vc sai com catapora nas cutículas e os cantos das unhas parecem ter sido limpos por uma criança de 4 anos com seu kit de manicure da Hello Kitty, high on candy, num carro em movimento!

E isso foi me gerando uma raiva incontrolável! Me irritava profundamente gastar meu suado dinheirinho, às vezes em salões super conhecidos, para sair de lá com os cantos das unhas porcamente limpos e toda trabalhada na alergia por causa dos bifes. Eu lembro que na semana da minha formatura, a pessoa fez um trabalho tão tosco no meu pé que o esmalte amassou todo e eu mal conseguia andar no dia da colação porque meu dedão inflamou. Foi a gota d’água: resolvi fazer a unha em casa, assim só empurraria a cuticula. Não fui sempre expert, foi preciso muito, mas muuuito treino para eu ficar feliz com o resultado, mas já faço minha unha há uns 6 ou 7 anos e sou super feliz assim! Só para vocês terem uma idéia, a última vez que eu fiz a mão num salão, há uns 3 anos, chorei de raiva quando eu saí de tão tosco que estava, cheguei em casa, tirei e fiz de novo. E olha que eu tinha feito com uma das muitas Ju’s que passaram na minha vida!

Enfim, toda essa epístola foi para chegar em algumas dicas que eu aprendi nesses últimos anos, então vamos lá:

1. Tenha paciência. Eu ainda demoro umas sólidas 2, 3 horas para fazer a unha. Eu exagero nos detalhes, mas passo a semana feliz. Com o tempo a mão vai ficando firme, você sente mais segurança e  pega ritmo, mas sinceramente? Adoro essas horas inúteis da minha semana dedicas a algo totalmente fútil e egocêntrico e acredito que você também merece esse momento só seu!

2. Nenhuma novidade, mas hidrate super bem sua cutícula e ninguém vai perceber que você não tira. Atualmente, eu costumo passar bepantol, massageio bem (às vezes até faço uma pausa e alguma outra coisa por um tempo para deixar as pelinhas de molho), aí deixo aquele tempinho básico na água morna. Depois disso, eu empuro com uma espátula de metal, e passo aquele gelzinho da Sally Hansen, deixo por mais um minuto e empurro de novo. Limpo bem as mãos e, depois disso, eu tiro os restinhos de esmalte com o palitinho. Nessa hora, as pelinhas soltas costumam dar as caras (elas ficam todas levantadinhas) e eu retiro apenas esse excesso que já está solto com o alicate.

3. Não perca seu tempo com esmalte porcaria e grosso. Vai trazer apenas desgosto para a sua vida. E pense bem, a cada mês que você não faz a unha no salão, dá pra comprar até dois OPI’s mesmo com o absurdo preço brasileiro! Eu até uso de vez em quando, porque as cores são bonitas, mas detesto os da Risqué, acho que são os que descascam mais rápido. Dos nacionais, meus favoritos sem dúvida são os da Colorama. Duram mais e tem o melhor brilho. Não são ralos como os da Risqué que precisam de 4 camadas para cobrirem o branco da unha nem tão grossos quanto os da Impala, minha segunda marca preferida. Mas, infelizmente, para mim e meu bolso, os da OPI são incomparáveis. Tem a consistência correta, as cores mais bonitas e eu tenho algumas cores que eu uso o mesmo frasquinho HÁ anos e eles ainda não engrossaram! Se você for viajar, estoque!

4. Não dispense JAMAIS o extra brilho, ele é seu melhor amigo. De verdade. Eu costumo fazer a unha na calada da madrugada e durmo logo depois, mas mesmo assim em 99% das vezes ela amanhece perfeita. Sei que o mais famoso por aqui é o da Avon, mas eu prefiro o da Colorama, acho que o da Avon engrossa muito rápido e não mantém o brilho por tanto tempo. Mas o melhor, infalivel, incomparável, perfeito, é o da Sally Hansen. Ando em crise existencial porque meu estoque acabou e a minha compra do ebay não chega! Sério gente, dá pra ralar cenoura, fechar zíper de calça jeans e todo tipo de coisas um minuto depois de fazer a unha porque ela já estará super seca e o brilho fica PERFEITO até a semana seguinte.

5. Use spray secante também e não seja mão de vaca como os salões que tem a cara de pau de cobrar R$ 1,00 para expirar uma miséria de spray nos seus dedinhos que nem fumaça faz. Eu espirro a ponto de sentir a hipotermia matando minhas extremidades. Quanto as melhores marcas, não sinto muita diferença entre os que eu usei, vou no mais barato que gela mais!

6. Quando for limpar os cantinhos, preocupe-se em colocar o menor volume possível de algodão no palitinho, para deixar o instrumento de trabalho bem fininho. Não esfregue o palitinho nos cantos. Molhe bem o algodão (não pode encharcar a ponto de pingar porque o excesso escorre e tira o brilho do esmalte) e passe de leve, mais encostando do que esfregando. Com o algodão bem molhado, o esmalte acaba sendo dissolvido e a limpeza fica melhor. Essa é a parte que mais demanda tempo, não se apresse.

Acho que é isso, minhas caras. Durante a semana, é legal lembrar sempre de hidratar as cutículas. Eu (quando lembro, confesso), costumo passar algo extra antes de dormir. Pode ser o próprio bepanthol, que é mágico, né? Também tenho usado uma manteiga da Lush, que eu adoro. É de limão, o cheiro é bem fresquinho! A cera e óleo da Granado também merecem a fama.

Se você tiver alguma dúvida ou dica, compartilha com as amigas aí nos comentários!

Sessão pipoca: Jobs

8 set

Rolaram boatos de que este filme poderia ir direto para DVD. Adiaram a estréia para não competir com filmes que certamente monopolizariam as bilheterias no verão americano. Deveriam ter transformado em after school special. Deveriam ter esperado mais uns 5 anos para fazer esse filme.

Antes de entrar exatamente nos méritos e deméritos do filme, gostaria de deixar registrado que tive uma mega crise de dor de cabeça durante o filme e assisti metade dele de olho fechado, o que pode ou não ter influenciado minha opinião em alguns aspectos… hahaha Mas acho que não, então sintam-se livres para discordar, como sempre.

A primeira coisa que eu preciso deixar registrado é que o Ashton Kutcher, mesmo sem maquiagem, é muito, mas muuuito parecido com o Steve Jobs. Em alguns motivos chega a ser assustador! Na primeira cena do filme, cheguei a pensar que eram imagens reais de arquivo da Apple, mas o fato da câmera estar em ângulos esquisitos no fim fez com que parecesse aqueles truques baratos para disfarçar problemas como a chuva constante em Jurassic Park ou esconder o rosto de dubles…

O problema é que o acerto da escolha do Ashton para o filme acaba aí. Ele não convence. Ele é conhecido demais. De olho fechado, eu só ouvia o Kelso e o Walden Schimdt falando, não o Steve Jobs. E mesmo de olho aberto, parecia que ele estava no porão do Eric o tempo todo, chapado e falando besteira. Mesmo nas cenas mais intensas do filme, quando ele dava um piti, parecia que ele ia explodir numa gargalhada a qualquer momento. Outra coisa que me irritou profundamente foi a sensação de imitação barata… Eu tenho certeza que 90% das pessoas, quando pensam em Steve Jobs, imaginam o cara durante uma apresentação de algum produto inovador, de calça jeans, cacharel preta, óculos redondinho, tênis e a mão em posição de prece, tipo assim:

Agora, pensemos juntos: na vida real, vocês acham que ele era assim o tempo todo? Que ele só se comunicava no modo “grande anúncio cheio de ideologia e apelo emotivo para tocar a massa consumista”? É claro que não, né? Pois é assim que o Ashton atua O TEMPO TODO!

Também me desagradou a escolha dos pontos da vida dele que o filme resolveu destacar. Eu, pessoalmente, não consigo assimilar completamente a obra de uma pessoa sem saber o passado que fez com que ela chegasse naquele momento. Eu acredito que o que nós somos hoje é a soma de todas as nossas atitudes e de cada passo que nós damos. Tudo na vida tem contexto. Quando o filme acaba, a opinião que você tem sobre um cara que era, apesar ou acima de tudo, um dos maiores gênios da nossa geração, é que ele era um babaca imaturo que tinha súbitos de genialidade do nada e um tirano que explorava seus funcionários para conseguir colocar em prática o que ele idealizava. Pode ser que essa seja uma parte importante da personalidade, talvez a maior, mas certamente ele foi mais que isso.

Achei também que o filme fez pouco para mostrar o quanto ele impactou o universo tecnológico e, consequentemente, nosso modo de vida. Se ele tivesse morrido no estágio em que o filme acaba, nós não saberíamos quem ele era. Eu certamente não saberia. Enfim, parece que a história maior não foi contada. E o filme é sem fim… Demorado, sem ritmo e arrastado. O que também pode ter sido efeito da dor de cabeça… ou não?

O último ponto negativo, prometo, foi a cara de cópia de The Social Network. Até a trilha é parecida… Mas de novo, sem a mesma genialidade!

Bom, fica meu pitaco! Deixem aí embaixo o de vcs!

Nota: 6, forçando a barra…

É muito tarde para resoluções?

22 jan

Então né? Voltei!

Então, eu não ligo muito para ano novo, sei lá, acho que a gente sempre pode começar uma fase nova da vida, independente do calendário, então não me empolgo muito com ano novo. Mas as férias me deram o respiro necessário para reorganizar minhas prioridades. 

Ano passado foi meio do cão… Não aconteceu nenhuma tragédia, mas sabe quando tudo parece que foi demais? Trabalho demais, saúde de menos, kilos demais também! Gente, não sei o que me aconteceu, mas eu estou assim no limite da obesidade máxima, o que é extremamente revoltante tendo em vista que eu passei uma significativa parte do ano doente! Preciso ir num endocrinologista porque algo deve estar errado, mas nada me impede de fazer a minha parte desde agora, né?

A primeira coisa que eu tenho certeza que esta errada é o meu desaparecimento da academia! Eu sempre fui tão comportadinha com a academia desde que comecei, mas ano passado estava impossível saindo do trabalho todo dia depois das 10:00, eu só queria saber de comer confort food e dormir o maior número de horas possível!

O primeiro passo do projeto #verao2014semcanga é entrar no ritmo de academia de novo. Eu queria muito, muito, muito conseguir correr, mas toda a vez que eu tento eu acho que vou morrer, de verdade! Minhas pernas ardem, vejo pontos pretos, uma derrota! Mas esse ano, como diria Scarlet O’hara comendo rabanete cru, eu vou conseguir correr, tenho fé! 

428968_369286553093286_199797146708895_1257071_176185543_n

Então para esse mês (até o fim de fevereiro pq tem carnaval, vcs sabem), quero ir na academia pelo menos 3 vezes por semana e cortei os doces durante a semana também. Não vou fazer grandes cortes agora, quero ver o que consigo só com isso. 

Reporto a evolução kilos por aqui, ok? Não vou falar quanto eu to pesando porque minha auto estima não permite, mas os números a menos darão uma idéia!

Amanhã retorno para contar minha segunda meta desse ano!

(E se eu fui na academia, há)!

The ring

22 set

Novamente, mostrando a minha boa fé e não inveja porque eu sou “feia e gorda” como uma amiga falou lá nos comentários, trago novos elogios dirigidos a Blake. Bom, não necessariamente dirigidos a pessoa dela, mas tá valendo! Se você não mora embaixo de uma pedra sem acesso a qualquer meio de comunicação, já deve saber que a danada fisgou oficialmente o Ryan Reynolds no final de semana retrasado, para a surpresa de todos, inclusive da People (que SEMPRE sabe de tudo antes de todo mundo)!

Bom, o primeiro elogio, obviamente, é dirigido ao marido! Ryan Reynolds é gato em um nível que o casamento só faria sentido se fosse com a Charlize Theron, mas eu conseguia engolir a Scarlet Johansson. A Serena é linda, inegável, mas eu ainda acho que ela não possui aquele fator femme fatale necessário para agarrar um Ryan Reynolds da vida. Mas relevemos!

Agora, falemos da aliança LINDA que a Blake também fisgou!

Adorei, diferente, não ofensiva de gigante como as das Kardashians e dizem as más línguas que ela foi desenhada pelo próprio Ryan com ajuda da amiga designer dela (sabe aquela que ela menciona 500 vezes na chamadinha do E!? Lorraine Schwartz!), o que pra mim deixa a aliança ainda mais bonita! Gosto de coisas exclusivas e com história!

Amanhã começo posts do Emmy. Depois de ter visto vários hoje e perceber que pela metade dos posts gigantes eu acabo me enchendo e vendo só as fotos, resolvi que vou quebrar em uns dois ou três.

OMG!

26 jul

Eu IA postar os looks do Teen Choice Awards, mas sinceramente, quem está se importanto com isso num dia como esse? Fato que Hollywood está matando o sonho do amor eterno nos últimos meses, mas a canalhice da Kristen Stewart me surpreendeu MESMO!

Estava sussa ontem vendo Carminha comer o pão que a Nina amassou e minha irmã diz que estão rolando rumores de que a Kristen traiu o Rob. Minha primeira resposta foi: aham, não conseguiram provar até hoje que ela namora com ele direito, vão provar que ela tá traindo ele agora? Resposta da minha irmã: Dude, é a People que está dando a notícia!

Gente, a Mi vai explicar uma coisa pra vocês: Saiu na People ou está sendo noticiado pelo TMZ, é verdade. É SEMPRE verdade! Eles nunca erram, nunca! Aí eu fiquei tensa, mas sou uma eterna romântica que acredita no poder de Twilight, e continuem falando que era lorota. Então apareceu a primeira foto… “É photoshop”… Apareceram as outras fotos… “Tá complicando”… E então a declaração ridícula dela.

Sei que é ridículo, mas eu fiquei muito revoltada! Eu acho traição inadmissível, porque você não é obrigado a ficar com ninguém hoje em dia. E ela não teve o respeito de fazer direito!!! Namora com o cara há quatro anos e NUNCA fotografaram os dois juntos de verdade, agora para dar pega em cara casado com filho pequeno ela não tem a vergonha na cara de se esconder? Poupe-me! E as declarações dos dois??? Ela ainda tem coragem de falar dele!!! Eu partiria pra ignorância, sério! Agora ela sai dizendo que ama ele? Poupe-me de novo!

Enfim, se você conseguiu não ter visto ainda as fotos, segue… e ah, segundo a reportagem, ela estava entrando em casa (na casa em que ela mora com o Rob), recebeu uma ligação e foi encontrar com ele… Quer dizer, tá na cara que não foi um rompante de momento! Devia estar rolando desde o filme…